barriga 1

CONQUISTE A BARRIGA CHAPADA

Quer aqueles gominhos no abdômen e a cintura fina? Veja os hábitos que deve adotar para realizar esse sonho, sem sacrifícios!

tankinho 2

Hoje em dia a mídia evidência o corpo bem torneado, barriga sarada e uma magreza excessiva. Ter uma barriga de “tanquinho”, como muitos chamam, virou sonho de consumo da maioria da população, e há os que se sujeitem até mesmo a cirurgias plásticas, em busca dessa aparência física ideal.

Acredito, no entanto, que antes de pensar em procedimentos cirúrgicos para ter uma barriga escultural, devemos fazer uma análise da nossa alimentação e formar um cardápio adequado para emagrecer com saúde, sem sofrimento ou remédio para emagrecer.

A boa notícia é que não é mais necessário ficar malhando o tempo todo e nem fazer uma dieta de fome. O importante é comer com raciocínio e não com gula, isso  até pode parecer difícil no começo, mas depois de uma boa programação, você vai perceber que é possível e fácil.

Juntamente com a reeducação alimentar, os exercícios abdominais são necessários para o fortalecimento dos músculos dessa área. Uma excelente dica é caminhar com a barriga contraída e manter essa contração por tempo indeterminado, porque quando o corpo fica relaxado, ele cai para frente e a musculatura fica cada vez mais fraca.

O estresse e a falta de exercício físico, junto com uma alimentação errada, contribuem muito para o aumento da barriga e flacidez em toda musculatura do nosso corpo. sendo assim, procure levar a vida da melhor forma possível, pois seu sonho de barriga sarada pode ficar comprometido, caso isso não ocorra.

“PARA TER O CORPO QUE VOCÊ NUNCA TEVE, FAÇA ALGO QUE VOCÊ NUNCA FEZ.”

1-Faça exercícios de isometria em cima de um colchonete. Três séries de prancha abdominal, ficando na posição em média 30 segundos.

2-Faça também a prancha lateral. Três séries de 30 segundos.

3-Pra finalizar faça os exercícios de contração abdominal, começando com o abdominal no solo, quatro séries de 15 repetições com 1 minuto de descanso.

4- Pra encerrar faça mais três séries de 15 repetições de abdominal infra solo.

 

Por Eduardo Aguiar, especialista em Fisiologia do Exercício-UNIFOA-RJ

Fonte: Revista Ella Rv/ed.51/2013

 

 

 

 

Compartilhe!